Publicado por: Rodrigo | 10/12/2009

Farmville: Da fazenda para a internet


Um dos símbolos do jogador casual depois do Wii e, talvez, o pesadelo para o jogador hardcore. Farmville é um caso de sucesso e merece aparecer em um blog de games, mesmo que alguns torçam o nariz para ele.

Para ser sincero, eu também estava na lista dos que pensavam “Meu que coisa idiota”. O facebook também não me atraia muito. Porém a curiosidade de saber porque o jogo faz tanto sucesso venceu e resolvi tentar descobrir como Farmville conseguiu 70.476.996 de usuários ativos mensalmente.

Meu objetivo a principio? Fazer uma fazenda apresentável, assim ninguém poderia dizer que opinei sem ter jogado, e depois escrever o que achei.

Antes de falar sobre o jogo em si, vou deixar meu lado publicitário escrever um pouco.

O que mais me chamou a atenção foi a inteligência com que a equipe da Zynga Games utilizou a popularidade do facebook. FarmVille é um “viral em forma de game”. Seu apelo social  obriga o jogador a fazer propaganda do jogo para conseguir ampliar sua fazenda ou conseguir determinados itens e achievements (conhecidos no jogo como Ribbons).

Após “obrigar” o jogador a divulgar o game entra a cereja do bolo. Você pode se divertir gratuitamente com o FarmVille, porém para comprar certos enfeiteis, ou conseguir ampliar sua fazenda sem a necessidade de um número considerável de vizinhos você precisará de Farm Cash. Uma moeda do jogo que pode ser obtida com dinheiro real.

A idéia por trás do jogo é simples e ao mesmo tempo brilhante (na verdade as melhores idéias são simples). Diferente do que acontece com algumas empresas que lucram com jogos teoricamente gratuitos, ninguém odeia a Zynga por faturar com o jogo, pelo contrário o divulgam e ajudam o jogo a se tornar ainda mais popular.

Agora deixando o lado publicitário de lado, que tal contar como está sendo minha experiência no FarmVille.

É simples e intuitivo, no começo até meio repetitivo. Você planta, espera algumas horas e colhe. Conforme avança você… Planta, espera algumas horas e colhe. É possível mater esse ciclo ad eternum, com apenas uma interrupção ou outra para ajudar um animal que está perdido e precisa de adoção. Por sinal, você apenas ajuda, não pode adotar o animal que você achou.

Depois do meu primeiro dia eu me convenci que estava certo. “Ow coisinha besta”, pensei. Mas a teimosia falou mais alto e resolvi que iria sim, fazer uma fazenda decente só pra poder descer a lenha no jogo sem dar margens a críticas do tipo: “Em um dia você não viu nada então não pode opiniar”.

Meu segundo passo foi conseguir mais vizinhos, eles são simplesmente indispensáveis para manter a jogabilidade. Conversei com alguns amigos, poucos se animaram (alguns inclusive me indicaram pessoas), mesmo assim o número de vizinhos não era o necessário, porém uma coisa já chamou a minha atenção.

Tinham algumas fazendas muito bonitas, bem organizadas, com vários enfeites legais. Os gráficos do jogo são infantis, mas bem feitos e com criatividade era possível algumas organizações inusitadas de fazenda.Minha opinião sobre o jogo começou a melhorar, tá ai uma coisa que havia gostado. Se quiserem ver um exemplo de fazenda diferente. Só conferir uma screen enviada por uma amiga. Essa fazenda entra fácil na lista das que me chamam atenção.

Para conseguir isso é preciso de… Vizinhos (além de dinheiro, claro). Algumas páginas do facebook resolveram o problema. Em comunidades internacionais do jogo basta digitar um extremamente longo “I want new neighbors, please add meou optar pelo direto “add me” e pronto, vizinhos dos sete cantos do mundo na sua lista em pouco tempo. Só é pena que a maioria se limita ao jogo, interação social que é bom necas.. Mas vamos continuar.

Sem o problema do número de vizinhos bastaria conseguir experiência e dinheiro (coins) para conseguir os itens que queria. Os que só poderiam ser comprados com Farm Cash não entraram na minha lista.

Como fazer? Basta olhar para as sementes que você pode plantar e pensar: Qual vai me dar mais dinheiro levando em conta o custo para arar a terra, ou se quiser algo mais fácil pergunte ao Google que ele já te dá isso pronto. Joguei visando apenas experiência e as moedas até o nível 26, para conseguir comprar os itens que desejava e atingir a meta que estipulei para mim mesmo. O resultado podem ver nas Screenshots abaixo.

Resumo da ópera

Depois de jogar direito o jogo se mostrou mais divertido do que imaginei a principio. Não entraria nem de longe na lista dos mais divertidos que já vi, até entre os jogos em flash, ao menos para o meu gosto, perde para o hotel 626 mesmo assim FarmVille tem seus méritos. É bem feito e apesar da lentidão e dos bugs irritantes que reinaram essa semana é uma boa opção para aqueles dias que bate o tédio ou para matar o tempo no fim de tarde. Eu ainda me considero um very light user, mas algumas pessoas para quem apresentei o jogo literalmente viciaram na brincadeira. Ou seja creio que o problema não esteja no jogo.

Se vou continuar jogando? Vou sim, em um ritmo mais lento agora que consegui escrever esse post. Inclusive, quem quiser me adicionar fique a vontade, é só clicar aqui. Agora deixa eu sair, já escrevi demais tenho que cuidar da fazenda e preparar meu próximo review. Se tudo der certo semana que vem teremos Street denovo no blog, se não der… Até o Carnaval ele aparece.

Anúncios

Responses

  1. Gostei da iniciativa de jogar antes de criticar, eu sou um cara que critico antes de realmente conhecer a coisa e algumas vezes queimo a língua.
    Pow, o sistema do jogo parece legal, eu não teria paciência eu acho, mas não me importo em jogar coisas com gráficos para crianças =p.
    No meu facebook, todo dia recebo uns 10 convites pra jogar isso ae, powtz… Chega a dar no saco hahha.
    mas enfim, é assim mesmo, esses joguinhos do facebook parecem legais, tem até o mafia que aparentemente lembra um pouco o the crims, enfim, pessoas que tem esses “insights” ganham dinheiro, é aproveitar as oportunidades e emplacar não é mesmo? 😛
    Abraç


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: